sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Who was born?

Não, ninguém nasceu, e se nasceu não se orgulharia do que é feito.
“Alguém me ajuda a rechear o peru?" - Disse ela purgando de felicidade.
Teu peru recheado não faz questão de participar da celebração! Nem colocaram o nome dele no amigo-oculto.

Cansei de Natal.

- Aceita um Dry Martini?
- Sim.

Depois de dois diálogos exatamente iguais ao que escrevi acima, me vi aos papos com a viúva, de marido vivo, ela preferia o imaginar morto. Falávamos de consumismo. Falávamos de Dry Martinis. Falávamos. Era Natal. "A festa cristã!" - A viúva exclamou com felicidade. Fechei os olhos por um estante. A viúva frígida achou que não a ouvia - não a ouvia mesmo - e saiu de perto praguejando todos do mundo. A meia noite a viúva desejou-me "Feliz Natal".

.

6 Opiniões:

Tainá da Rua Morgue disse...

hahahahaha

Adorei, Lucas!
Adorei!!

Rê Thuler disse...

Confesso que seu texto me deixou na dúvida!
Euu não costumo comemorar o Natal.
Mas acho a idéia de certa forma bonita.
Tirando essa coisa de festa critã.
O que eu acho bonito é que as pessoas se agarram a isso simplesmente para ter um pretexto para juntar a familia um dia por ano pelo menos.

Bonito e triste é claro.


Gostei do seu bloog, acheii interessantissimo, e achei otima a sua foto do perfil...

Beeijoooo,

Prii Persi disse...

Delícia te ler.
O conto me deixou um pouco confusa.
A propósito, o Natal é para mim uma data em que todos pensam em muitas coisas... mas se esquecem de seu verdadeiro fundamento.

Grata pelo comentário lá no 'Cultivando'.
Volto com certeza mais vezes aqui.

Beijos, e feliz Natal.

Lucas Sepulveda disse...

Esse não é o pior do Natal. O pior do Natal é quando temos que desejar "Feliz Natal" para parentes que você só vê duas vezes por ano (talvez nem uma).


http://quartodealuguel.blogspot.com/

Ivan disse...

como já disseram, eu encaro o natal como um pretexto pra reunir a familia toda.

claro que tem a falsidade da sua viuva - aquele feliz natal tava com uma praga embutida - mas isso pode ser o de menos

Luciane disse...

Maravilhoso.

Muito bom Lucas! Mas concordo com o outro Lucas acima. O pior do Natal é desejar bons votos a familiares que vc nunca vê ou que não estão dando a mínima para vc.
Obrigada pela visita a meu Blog.
Estarei sempre por aqui.
Bjs