sábado, 27 de dezembro de 2008

D. Estefânia; 1

“Era moça simples e estudiosa, usava roupas comportadas e de cores neutras e ia à igreja diariamente.” – Cochichou a gorda para D. Estefânia dentro do ônibus.

“Você está se referindo a filha do Seu Manoel” – Perguntou confusa D. Estefânia.

“Ela mesma. Dizem que agora trabalha em bordel!” – Respondeu a gorda com cólera.

“Acho ótimo quando os jovens se interessam cedo pelo trabalho” – Disse contente D. Estefânia.

_______

Indico?
O rouxinol e a rosa - Oscar Wilde
(Clica no título do conto para baixar)

6 Opiniões:

BËTØ §PÏCË_BØ¥ disse...

Nunca eh cedo pra começar a trabalhar né? uhauhauhahuauhuhahuahu

adoreiiii

meu caro, um grande abraço

este blog eh perfeito!

adoro suas idéias de louco!

BËTØ =)

Tainá da Rua Morgue disse...

Bordel de luxo, imagino!



"Humor cinza"...
Cinza caiu bem

Beijo

Iasmin Cavalcanti disse...

Muito bom. Contraditorio, adoro isto. =)
obrigado pela visita no meu blog.
beijos, voltarei.

Lucas Sepúlveda disse...

D. Estefânia se identificou com a filha do seu Manoel.

Trabalhar é sempre bom, oras!




http://quartodealuguel.blogspot.com

Dayvson, o garoto maldito de Whitechapel disse...

“Acho ótimo quando os jovens se interessam cedo pelo trabalho”


Preocupação com jovens em primeiro lugar!

kbritovb disse...

tem continuação?