quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Normais;

(Estava guardado e eu precisava me livrar dele)

L
ouca! Chego até duvidar de sua superficial loucura. És mesmo louca?
Suas coisas têm arrumação impecável, sua vida já não tão arrumada é. Vive em uma casa alugada, paga pelo filho, que não a visita mais. Dizem por aí, que tentou certa vez interná-la. Fracasso estrondoso teve. A louca da casa alugada de filho ausente organizou greve dentro do hospício. Teve louco se recusando a visitas, alguns não quiseram comer e outros, em admirável loucura, prenderam os médicos em camisas de forças. Tiraram-na de lá, a greve acabou.

Não digo que sua loucura é farsa. Quem me dera deus entender essas coisas da cabeça. Só acho, assim por achar, que a louca não é tão louca assim.
A vi outro dia chegar com uma sacola cheia de laranjas. Que fez esta criatura com tantas laranjas? Mamãe me dizia que laranja é bom pra gripe. Minha louca gripada está?

De fato, não sei se minto ou se mentem a mim. Mas a louca, que usa um casaquinho vermelho que é uma formosura, não saiu mais de casa. "Morreu ou mataram?" - Ninguém se indagou, além de mim.
Ao seu funeral levei flores de laranjeira. Quando me permitiram jogá-las por cima do caixão, cheguei perto, bem pertinho, e perguntei com tom amável: Mulher, és louca?

Lucas Moratelli



7 Opiniões:

Gran Magic Carmesin: Nat Valarini disse...

Boa noite!

A forma como você escreve me surpreendeu. Você prende o leitor, sabe?

Outro detalhe: seu texto é a prova de que não ha necessidade de escrever uma crônica de 300 páginas para que o texto seja bom. Gostei!

Kiso
=*

http://garotapendurada.blogspot.com/

Diógenis disse...

Concordo com o comentário acima. ;)
Muito bomm !
Texto curto e com qualidade.

Continue assim.

:D

www.fator-d.blogspot.com
passa lá !

Larissa disse...

Muito Bom

Tainá disse...

Gostei, Lucas
Só que.. a gente se livra é de coisa ruim!

MIguelito disse...

Curti a vera seu blog, o meu tem mais ou menos o mesmo estilo, passa lá depois.
http://rabiscosencardidos.blogspot.com/

Quanto ao texto, concordo com os comentários acima, texto curto, bom e muito bem escrito.

douglasfert disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
douglasfert disse...

Só podemos dizer que alguém é louco quando nos baseamos no que é normal.
Mas quem editou o "Decreto de Normalidade"?

Será que a velha era louca ou seria ela normal e o resto da população os loucos?

Se ela era louca?
Creio que ela era apenas DIFERENTE. E não tinha medo de mostrar isto.