domingo, 17 de janeiro de 2010

Foi

Pesquisa afobada
Olha parada para o mar
Soubesse ia
Fazia aqui o que não fará por lá

Veja a roupa pela casa
A mera volta do estar
Santa espera de quem faça
Por tão querer fugiu pro mar

Vestiu bondade ente os panos
Rezou afoita sem querer
Amarelou a carta prosa
Deu-me triste o que escrever.

2 Opiniões:

Paulo Braccini disse...

delícia ... "soubesse; tb eu ia ..."

bjux

;-)

Luciano Freitas disse...

"Vestiu bondade ente os panos
Rezou afoita sem querer"

Muuuuuuuuuuuito bom!