sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Dinorah

Dinorah aguardava sentada no banco da sala branca. Já estava impaciente, quando, a mulher de meias vermelhas sentada atrás da mesinha que chamavam de recepção, disse-lhe que sua vez havia chegado.
A menina quase mulher pegou sua bolsa de pano colorido e levantou. Foi andando em direção a porta de madeira que há uns cinco anos não era pintada e entrou.
Dinorah de lá saiu mulher. Não carrega mais uma vida e a ela não deve mais respeito.
A menina agora mulher, não tem mais família, só tem o mundo e nesse não sabes como entrar.


_
A verdade por trás dos versos;

O louco que vos fala ganhou ontem uma gaita diatônica e a ela deu o belo nome de Dinorah;
E por um progresso quase que divino já consigo tocar "Parabéns pra você".
Logo logo passo para as músicas do Dylan. ;)

_


Por Lucas Moratelli

8 Opiniões:

DuDu Magalhães disse...

Que triste vida da Dinorah

Senti um 'q' de história pessoal!

Tg disse...

...
Adorei forma como vc escreve.
Dinorah ...

Mto bom teu blog
Qndo puder passe no meu http://u2onelife.blogspot.com/

Paulo disse...

putz que triste =\
muito bom o jeito seu de escrever parabéns XD
http://total-info-web.blogspot.com/

Tainá-O-Rama disse...

Ah, Dinorah.
Mais nova paixão?
Não largue Dinorah antes de aprender a tocar uma música inteirinha, inteira!, sem errar.
Daqui a um tempo a gente monta uma banda ;)

Beijos!

ninhu_. disse...

"A menina quase mulher pegou sua bolsa de pano colorido e levantou. Foi andando em direção a porta de madeira que há uns cinco anos não era pintada e entrou. "

adorei isso!

றสяส disse...

OiIIII.
parabens pela gaita hehehe.
XD
obrigada pelo comentário.
eu adoro escrever.
mas esse texto, eu tirei da net mesmo. e infelizmente não sei quem é o autor (a).
=(

adorei seu blog.
Bjuuu.
^^
e pode deixar eu tomo cuidado sim com as traças hehehe..

⋆     T h aa disse...

Adorei !
Escreve muuito bem viu?!
Gostei demais do seu blog, :D

.
;*

Rα i sα ~ disse...

era Dinorah, agora é Natasha ... "